A Kombi do UXcity chega ao fim de sua jornada.

Cidades do Futuro 2.3:  ostentação, arquitetura invasiva, a moeda de Heliópolis, o princípio da confiança e outos papos.


  1.  

 Se preferir, ouça no Spotify  ou no Apple Podcasts

O episódio

Melina Alves (designer de experiências), José Mauro Gnaspini (gestor cultutral) e Roseli Machado (especialista em sustentabilidade) batem um papo enquanto atravessam uma das maiores cidades do mundo, trocando ideas e experiências na bucsa por uma cidade mais humana e inteligente.

A série

O Futuro das Cidades é uma série que busca novos caminhos para as cidades a partir de percepções e pontos de vista de seus moradores.  A inteligência urbana tratada de acordo com a realidade que vivemos sob viés da perspectiva inclusiva, sustentável, humana e da educadora. 

UXcity

Uma iniciativa da DUXcoworkers que visa promover uma profunda  imersão interativa no ambiente urbano a partir de uma tecnologia antiga, mas que nunca é ultrapassada: o passeio pela cidade e bate papo entre as pessoas. 

Ficha técnica

Alexei José: roteiro e locução.

Guilherme Dellacolletta : edição.

Guilherme Schwenck: captação de som.

Thaiz Zerbini: produção do rolê. 

Especialistas

Melina Alves

José Mauro Gnaspini

Roseli Machado

Links relacionados

 A inovação que pode começar numa perua Kombi.

90 quilômetros de conversa

Somos a cidade em que vivemos

Precisamos de cidades mais inteligentes

Rota

Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes

Ouça também

O Futuro das Cidades <episódio 1> 

O Futuro das Cidades <episódio 2 - parte 1>

O Futuro das Cidades <episódio 2 - parte 2>

O Futuro do Trabalho <episódio 1>

Podcast DUXcoworkers

Temas relevantes abordados para tentar nos tirar dos algoritmos e nos estimular a pensar as transformações que vão além da teconologia digital - sem exclui-la da conversa, mas dando-lhe um papel coadjuvante visto que o protagonismo deve ser sempre dos seres humanos.  Buscamos assuntos relevantes ao universo UX com temas voltados a pessoas e trabalho, economia e tecnologia e cidades inteligentes.

 



TOPO